6 Remédios para Verme Mais Usados

0
206


Vermes intestinais são organismos parasitas que, quando presentes no corpo, se alimentam dos nutrientes encontrados no corpo humano. Você sabe quais são os remédios para verme mais usados? Que tal conhecê-los abaixo?

A presença de vermes pode causar muitos
sintomas desagradáveis que se assemelham a problemas intestinais. Embora seja
relativamente simples de tratar, é importante que o diagnóstico seja feito
rapidamente para evitar a perda massiva de nutrientes e a desidratação.

Embora nosso corpo seja capaz de lidar sozinho com a maioria dos parasitas que invadem o organismo, o uso de medicamentos pode ser importante para que o tratamento seja eficaz em alguns casos.

Vamos conferir quais são os remédios para verme mais usados e como eles atuam no organismo, além de indicar os principais sintomas de vermes intestinais para que o problema seja detectado o mais rápido possível.

Anúncio

Vermes

Existem muitas espécies diferentes de parasitas. Cada uma dessas espécies pode causar sintomas diferentes e os sinais de sua presença também podem variar de indivíduo para indivíduo.

Ainda que eles possam variar, os
sintomas mais comuns que indicam a presença de vermes intestinais são os
seguintes:

  • Náusea;
  • Vômito;
  • Perda de apetite;
  • Fadiga;
  • Dor abdominal;
  • Inchaço;
  • Dor de estômago;
  • Perda de peso.

Há casos em que há diarreia e saída
de vermes através das fezes. Também pode ocorrer bloqueios intestinais graves
devido à presença de vermes intestinais que dificultam a evacuação, mas
felizmente esses são casos mais raros.

Tipos de Vermes

Dependendo do tipo de verme, os
sintomas e o tratamento podem ser diferentes. Assim, é importante conhecer
quais são os tipos de vermes que podem se hospedar no intestino humano. Alguns
deles incluem:

– Tênia

Popularmente chamada de solitária, a tênia é um parasita plano e longo – podendo chegar entre 3 e 10 metros de comprimento – que se liga à parede do intestino e a maioria das pessoas com tênias no intestino sentem sintomas muito leves.

Algumas tênias vivem na água e o consumo de água contaminada pode facilitar sua entrada no organismo. Outros tipos de tênias são encontrados nas carnes – principalmente bovina e suína – e a ingestão de carnes contaminadas cruas ou mal cozidas pode expor as pessoas a esse tipo de verme.

– Ancilóstomo

O ancilóstomo é um verme com formato
afunilado que pode entrar no organismo através do contato do corpo com um solo
insalubre. De acordo com dados do Centers for Disease Control and Prevention (CDC), cerca de 576 a 740 milhões de pessoas no mundo apresentam uma infecção
por ancilóstomo.

Uma vez dentro do organismo humano, esse verme fica no intestino delgado, onde bota ovos que podem ser observados nas fezes. Qualquer pessoa que tiver contato com as fezes contaminadas ou com solo contaminado com fezes pode ser infectada pelo parasita.

Grande parte das pessoas infectadas
por ancilóstomos não apresenta sintomas, mas algumas podem sofrer desconfortos
gastrointestinais.

– Lombriga

A lombriga é um verme comum que causa a ascaridíase. Trata-se de um verme parecido com um ancilóstomo, mas com apenas alguns centímetros de comprimento.

Ela é encontrada em solos
contaminados e costuma entrar no organismo quando uma pessoa ingere alimentos
vegetais plantados em locais contaminados com ovos do verme. Por serem muito
pequenos, as pessoas podem acabar ingerindo esses ovos e sendo contaminadas.

– Triquinela

A triquinela é um tipo de verme que pode contaminar os seres humanos por meio do consumo de carnes cruas ou mal cozidas que apresentam larvas vivas em sua superfície.

Se crescerem de tamanho,
esses parasitas são capazes de sair do intestino humano em direção a outros
tecidos como os músculos. Sintomas observados podem incluir inchaço nos olhos
ou no rosto, dores musculares, arrepios e dores nas articulações.

Quando a infecção
não é tratada, podem ocorrer problemas respiratórios ou cardíacos e dificuldade
de se movimentar.

Fatores de Risco e Cuidados

Segundo um estudo publicado em 2016
no periódico Gastroenterology and Hepatology from Bed to Bench, mais de
3,5 bilhões de pessoas no mundo todo apresentam algum tipo de infecção
parasitaria intestinal. O problema é ainda mais comum em países em
desenvolvimento em que o saneamento básico é inadequado ou inexistente.

As pessoas que têm o sistema
imunológico enfraquecido apresentam um risco mais alto de contrair um verme
intestinal.

As gestantes devem tomar cuidado especial se contraírem vermes intestinais, já que eles podem representar um risco para o feto em desenvolvimento. Além disso, alguns remédios antiparasitários não são adequados para uso durante a gravidez e um médico sempre deve ser consultado antes de iniciar o tratamento.

Diagnóstico

O diagnóstico de vermes intestinais é feito por meio da análise de sintomas e também através de alguns exames que podem ser solicitados pelo médico, como:

  • Exames de sangue para detectar o tipo de parasita;
  • Testes de fezes para verificar sinais de infecção;
  • Exames de imagem para checar se os parasitas danificaram algum órgão;
  • Colonoscopia para visualizar os parasitas no intestino;
  • Testes de fita, em que um pedaço de fita é colocado sobre o ânus para verificar se há sinais de ovos para saber se os parasitas estão se reproduzindo no organismo do hospedeiro.

Tratamento

O tratamento é bastante simples e há casos em que ele nem é necessário, mas isso vai depender do estado do sistema imunológico do paciente. Se o sistema imune estiver bem saudável, pode ser que os remédios para verme não sejam necessários.

Alguns sinais de que um medicamento é indispensável podem incluir:

  • Febre alta que perdura por 2 dias ou
    mais;
  • Desidratação;
  • Muita fadiga;
  • Presença de sangue nas fezes;
  • Mudanças de cor das fezes;
  • Vômito.

Os remédios para verme mais indicados pelos profissionais da saúde para ajudar o intestino a se livrar desses parasitas são listados abaixo.

Remédios para Verme Mais Usados

O remédio indicado pelo médico vai
depender dos sintomas e do tipo de verme encontrado no organismo. Por isso, a
automedicação é contraindicada, pois dificilmente você saberá que tipo de parasita
te infectou sem antes fazer um exame de fezes e descrever seus sintomas para um
médico.

Baseado no diagnóstico, os
medicamentos mais recomendados são:

1. Praziquantel

O praziquantel ou biltricida é um
remédio muito prescrito para eliminar a tênia e outros tipos de vermes
intestinais. Ele atua paralisando o verme e o forçando a se soltar da parede
intestinal.

Depois que o verme se descola do
revestimento intestinal, o remédio dissolve o parasita para que ele passe com
mais facilidade através do sistema digestivo e seja eliminado por meio das
fezes.

O modo de uso vai depender do tipo
de parasita presente no intestino. Assim, ele pode ser usado em uma dose única
ou em um tratamento de 2 semanas com 3 doses diárias do remédio.

Efeitos adversos deste remédio para verme podem incluir dor de cabeça, urticária, tontura, enjoo, dor abdominal e sensação de fraqueza.

2. Niclosamida

A niclosamida é um remédio usado
para tratar alguns tipos de tênia. O medicamento mata os vermes por meio da
inibição da ação de enzimas importantes para a vida dos parasitas e faz com que
eles sejam eliminados pelas fezes.

O tratamento geralmente dura no
máximo 6 dias e deve ser tomado em dose única diária. Efeitos comuns são
diarreia, náusea, vomito, falta de apetite e dor abdominal.

3. Mebendazol

Medicamentos anti-helmínticos como o
mebendazol são prescritos no caso da presença de ancilostomídeos, de lombrigas e
de outros vermes no intestino.

Esses remédios para verme impedem que os vermes cresçam e se multipliquem, além de eliminá-los por meio da destruição das funções de suas células. Porém, ele só mata os vermes e não os ovos do parasita. Como pode demorar um pouco até que todos os ovos se tornem vermes e sejam eliminados, podem ser necessárias mais de uma dose da medicação.

Em geral, são recomendadas 2 doses diárias durante 3 dias. Alguns efeitos adversos podem aparecer, como dor abdominal, febre, dor de cabeça, vermelhidão na pele e tontura.

4. Albendazol

O albendazol tem a ação bem parecida com o mebendazol e é capaz de combater diversos tipos de parasitas intestinais. Ele também prejudica a constituição celular dos vermes e causa a morte deles.

O fármaco é usado por 1 a 5 dias, dependendo do tipo de verme encontrado nas fezes. Efeitos colaterais podem incluir dor de cabeça, enjoo, diarreia, vertigem, dor abdominal, urticária e diarreia.

5. Pamoato de pirantel

Esse é um remédio útil para eliminar
ancilostomídeos e outros parasitas. O remédio é capaz de paralisar o sistema
nervoso do verme, causando a sua morte e a sua eliminação através das fezes.

Na maioria dos casos, o remédio funciona após tomar uma dose única que pode precisar ser reforçada após 2 semanas, dependendo do tipo de parasita e da orientação médica.

Alguns efeitos colaterais relatados
incluem tontura, náusea, vômito, dor de cabeça, ausência de apetite, sonolência
e dor abdominal.

6. Nitazoxanida

Conhecido comercialmente pelo nome
de Anitta, a nitazoxanida é um medicamento indicado para tratar a diarreia
causada por diversos tipos de vermes.

Não se sabe o mecanismo de ação exato desse remédio para vermes, mas acredita-se que ele atua inibindo uma enzima que é fundamental para que o verme permaneça vivo. Na ausência dessa enzima, os vermes morrem e são eliminados através das fezes.

O tratamento costuma durar pelo
menos 3 dias e deve ser tomado em 2 doses diárias ou segundo orientações
médicas.

Alguns efeitos adversos que podem
surgir incluem enjoo, dor abdominal, mudanças na cor da urina, diarreia, vômito
e dor de cabeça.

Outros remédios

Existe uma grande variedade de
medicamentos indicados no tratamento de vermes intestinais em humanos. Alguns deles
podem incluir o triclabendazol, o secnidazol, o metronidazol, a ivermectina, o
tiabendazol e a piperazina.

Importância de Tratar os
Vermes

Os vermes intestinais podem causar complicações de saúde se não forem eliminados do organismo. Alguns tipos de vermes podem prejudicar a absorção de proteínas pelo organismo ou ocasionar a perda de sangue e de nutrientes como o ferro, podendo causar a anemia.

Os vermes intestinais também podem prejudicar a digestão e causar um bloqueio intestinal, que é uma situação de emergência que deve ser tratada imediatamente.

Certos tipos de vermes também podem
causar a cisticercose humana – uma doença grave que pode causar convulsões e
prejudicar os olhos.

Dicas de Prevenção

Antes de precisar recorrer aos remédios para verme, muitas medidas de prevenção podem ser úteis para evitar que vermes intestinais se instalem no intestino.

Além de ter acesso a um saneamento básico de qualidade, é importante tomar cuidados relacionados à higiene e à preparação de alimentos, já que muitas vezes os vermes entram no corpo por meio da ingestão de água ou alimentos contaminados.

As principais dicas para se proteger
são:

  1. Lavar sempre as mãos antes e – principalmente – depois de usar o banheiro;
  2. Cozinhar com as mãos sempre limpas;
  3. Lavar bem as mãos antes de preparar alimentos;
  4. Evitar comer carnes mal cozidas ou cruas;
  5. Lavar muito bem as frutas e legumes;
  6. Usar água potável;
  7. Utilizar tábuas de corte específicas para cortar carnes e legumes;
  8. Cozinhar bem qualquer tipo de carne;
  9. Evitar nadar ou andar descalço em locais em que a água ou o solo estão sujos;
  10. Levar ou comprar água potável para beber e cozinhar quando estiver viajando.

Se possível, é interessante
verificar a temperatura de cozimento de certos alimentos. Os peixes, a carne de
porco e outros tipos de carne vermelha, por exemplo, devem ser cozidos a uma
temperatura interna de 62ºC. Carnes de frango e de peru devem apresentar uma
temperatura interna de cozimento de 74ºC.

Os principais modos de se proteger têm mais a ver com os hábitos de higiene diários e com o acesso à água tratada do que qualquer outra coisa. Também é importante se nutrir de alimentos que fortalecem o seu sistema imunológico e deixá-lo preparado para combater os parasitas caso eles apareçam mesmo sem serem convidados.

Referências Adicionais:

Você já utilizou algum desses remédios para verme mais usados? Que tipo de verme contraiu e como foi o tratamento? Comente abaixo!

rating_on 6 Remédios para Verme Mais Usadosrating_on 6 Remédios para Verme Mais Usadosrating_on 6 Remédios para Verme Mais Usadosrating_on 6 Remédios para Verme Mais Usadosrating_on 6 Remédios para Verme Mais Usados (1 votos, média: 5,00 de 5)
rating_on 6 Remédios para Verme Mais UsadosLoading…



Fonte do Artigo
Tag:
#emagrecimento #dieta #emagrecer #fitness #saude #vidasaudavel #reeduca #nutricao #fit #foco #alimentacaosaudavel #lowcarb #treino #oalimentar #gym #academia #emagrecercomsaude #nutricao #dietasemsofrer #comidadeverdade #foconadieta #alimenta #perderpeso #qualidadedevida #hipertrofia

Anúncio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here