A dieta deve ser abordada no checkup médico

0
30


Anúncio

Em sua última diretriz, a Associação Americana do Coração afirma que passou da hora de a alimentação ser contemplada nas consultas de checkup. Afinal, não é novidade que os hábitos à mesa influenciam na incidência de doenças cardíacas. De acordo com o documento, há questionários que levam poucos minutos para serem respondidos e já dão uma bela noção da dieta do paciente.

A médica Glaucia Moraes, da Sociedade Brasileira de Cardiologia, é só elogios para a iniciativa. “Orientações básicas sobre alimentação deveriam ser rotina para todo profissional de saúde que atua com a avaliação periódica de riscos”, resume a cardiologista.

A seguir, veja perguntas básicas dizem muito sobre a dieta e riscos à saúde:

Come vegetais?

A presença de frutas, verduras e legumes no cotidiano é ligada a vários benefícios, já que são itens ricos em fibras, vitaminas, minerais, antioxidantes… Um time de respeito.

Investe em grãos integrais?

Arroz, aveia, milho, trigo e companhia entregam fibras, que auxiliam na manutenção do colesterol. As substâncias ainda estão nas leguminosas.

Continua após a publicidade

Qual a frequência de ingestão de carne?

O bife bovino concentra gordura saturada, versão que devemos ingerir com moderação. Entre outros motivos, seu abuso eleva o colesterol ruim.

Costuma consumir embutidos?

O ideal é evitar salame, salsicha, presunto… Eles são abastecidos de sódio, gorduras saturadas e outros aditivos, mix que castiga a saúde.

Como é o uso de sal?

O ingrediente é a nossa grande fonte de sódio. Só que, em excesso, o mineral abala as artérias e faz a pressão subir, favorecendo a ocorrência de doenças cardiovasculares.

Pula o café da manhã?

De acordo com Glaucia, ignorar a primeira refeição do dia não é legal porque interfere na liberação de diversos hormônios, como insulina e glucagon.

Como é o consumo de doces, refris e sucos?

Assim como o sal, o açúcar exige parcimônia. Sobretudo porque se entupir de doçura contribui para a obesidade, quadro que ameaça o peito.

Os peixes fazem parte do cardápio?

Sardinha, atum e salmão contêm ômega-3, uma gordura anti-inflamatória que é amiga do coração. Chia e linhaça também ofertam o nutriente.

Continua após a publicidade



Fonte do Artigo

Anúncio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here