Caldo de Feijão Engorda ou Emagrece? Calorias e Análise

0
76


Começa a bater aquele friozinho bem típico do inverno e nós já saimos à procura de tudo o que pode ajudar a nos aquecer. Além de todas as jaquetas, cachecóis, meias e botas, também acabamos recorrendo à culinária para nos dar uma força contra o frio.

É aí que entram os famosos caldos, sopas e cremes quentes, como o caldinho de feijão. Entretanto, para quem se preocupa com a boa forma e deseja e/ou necessita diminuir o peso ou pelo menos não quer engordar, pode surgir o seguinte questionamento: será que o caldo de feijão engorda ou emagrece?

As calorias do caldo de feijão

Tradicionalmente,
vamos começar a entender se o caldo de feijão engorda ou emagrece conhecendo as
calorias que o prato pode carregar em algumas porções.

Entretanto,
como você provavelmente já deve ter imaginado, existem diversas receitas de
caldinho de feijão, com diferentes ingredientes e quantidades, o que pode
resultar em uma quantidade diferente de calorias para cada receita.

Portanto, os números que vamos apresentar aqui são simplesmente estimativas e exemplos a respeito da quantidade de calorias que o caldo de feijão pode apresentar. Além disso, nós não submetemos os caldos de feijão a análises nutricionais.

Anúncio
Liberdade Financeira de Verdade!

De acordo o encontrado, uma porção de 100 g de caldo de feijão pode conter 59 calorias, ao mesmo tempo de que uma porção correspondente a uma xícara do alimento pode carregar 149 calorias.

Uma receita de caldo de feijão, que rende oito porções, serviu para estimarmos, por meio de cálculos a quantidade de calorias, quanto o prato pode carregar em cada porção.

A
receita é composta pelos seguintes ingredientes:

  • 2 xícaras de chá de feijão carioca cozido;
  • 2 xícaras de chá de água;
  • 1 cebola média;
  • ½ xícara de chá de cheiro verde;
  • 1 xícara de chá de bacon picado;
  • 2 dentes de alho picados;
  • Pimenta-do-reino em pó a gosto;
  • Sal a gosto;
  • Salsinha picada para decorar.

Conforme os nossos cálculos, cada uma das oito porções da receita acima de caldo de feijão é composta por aproximadamente 109 calorias.

Olhando para os exemplos de valores calóricos que encontramos aqui, podemos entender que o caldo de feijão não é tão calórico e pode entrar em uma dieta com foco da diminuição e manutenção de peso, desde que seja consumido com moderação.

Veja bem, isso não quer dizer que o caldo de feijão emagrece, até porque quanto maiores forem as porções consumidas do caldinho, mais calorias ele fornecerá e isso poderá resultar no aumento de peso. Ou seja, se o objetivo é emagrecer ou não engordar, exagerar no consumo da receita não irá exatamente ajudar.

Lembramos que outros tipos, de diferentes receitas, com diferentes ingredientes, certamente carregarão outras quantidades de calorias.

Existem as versões light do caldo de feijão

Uma alternativa para quem acha que o caldo de feijão engorda e está na luta contra a balança ou não quer ver quilos a mais aparecerem é aderir a versões light de caldo de feijão.

Uma
dessas receitas é feita a partir de duas conchas pequenas de feijão carioquinha
cozido (metade caldo; metade grão), cinco pedaços pequenos de patinhos, meia
cebola média, um dente de alho, um talo de salsão, uma colher de sobremesa de
semente de linhaça triturada, três copos médios de água, meia colher de sopa de
azeite extra virgem e uma colher de sal, resultando em uma receita com 92
calorias por porção.

Pratos quentes como os caldos podem auxiliar o emagrecimento no inverno

A nutricionista Juliana Nakabayashi explicou que, no frio, o organismo necessita de alimentos mais quentes. Segundo Nakabayashi, quem mantém uma dieta à base de saladas frias e alimentos mornos no período, acaba comendo mais e ganhando peso.

Durante o inverno, pratos quentes como caldos, sopas e chás realmente são mais indicados para o emagrecimento. Entretanto, a nutricionista alertou que o ideal é preparar versões mais light dos caldos e que assim é possível esquentar o corpo, comer menos e perder peso.

Por outro lado – cuidado com as calorias dos acompanhamentos

Colocar macarrão no caldinho de feijão ou tomá-lo acompanhado de pão, queijo ou torresmo pode elevar significativamente a quantidade de calorias em cada porção do prato.

Por exemplo, uma sopa de feijão com macarrão apresenta aproximadamente 400 calorias. Já quando há o acompanhamento de pães ou o alimento é servido no pão italiano, o prejuízo pode ser o dobro.

Os nutricionistas afirmam que ingredientes como linguiça, bacon, paio, calabresa e lombo embutidos ou defumados, creme de leite, temperos e caldos industrializados, queijos em geral, pães e croutons e quantidades elevadas de carboidratos como batata, mandioca, mandioquinha, macarrão ou arroz não podem aparecer nas sopas das pessoas que desejam emagrecer.

Evite adicionar fontes de gorduras como bacon e outros tipos ao caldo de feijão porque isso faz com que o alimento fique mais calórico e se torne rico em gorduras saturadas.

Apenas o caldo não vai saciar muito

O processo de digestão do caldo é rápido, o que faz com que poucas horas depois de ingerir o líquido, a pessoa já tenha fome novamente.

Para mudar isso e transformar o seu caldinho em um prato mais saciante e não querer atacar a geladeira pouco tempo depois de consumi-lo, a dica é incluir legumes, grãos integrais, verduras ou pedacinhos de carne.

Com esses ingredientes, o processo de digestão do caldo será mais demorado, porque esses alimentos requerem maior mastigação, ao contrário de apenas o líquido, e promovem saciedade em longo prazo.

Isso
sem contar que a inclusão desses ingredientes também adicionará nutrientes à
receita.

Aproveite os nutrientes do caldo de feijão

De
acordo com informações, o caldinho de feijão serve como uma fonte rápida de
ferro, proteínas e fibras para o organismo.

Entretanto, para aproveitar o potencial nutritivo do alimento é necessário prepará-lo batendo também os próprios grãos de feijão, já que somente o caldo não fornece esses compostos.

Não se preocupe somente com o caldo de feijão

Mais
importante do que saber se o caldo de feijão engorda é entender que para
emagrecer ou manter o peso e não engordar é necessário que toda a dieta seja
nutritiva, saudável, controlada e equilibrada.

Até porque, se uma pessoa tomar o caldo de feijão como recomendado acima, mas extrapolar em outras refeições, se enchendo de açúcar e calorias, não vai adiantar muita coisa, não é mesmo?

Para quem tem dificuldade em cuidar de toda a alimentação, vale a pena ter o acompanhamento de um nutricionista, que é apto para indicar uma dieta que funcione, ajude a atingir os objetivos, forneça os nutrientes e a energia que o organismo exige para funcionar corretamente e para explicar como o caldo de feijão pode ser utilizado no dia a dia conforme as necessidades e metas de cada paciente.

Você imaginava que o caldo de feijão engorda ou emagrece? Tem costume de tomar o caldinho com frequência durante o inverno? Comente abaixo!

rating_on Caldo de Feijão Engorda ou Emagrece? Calorias e Análiserating_on Caldo de Feijão Engorda ou Emagrece? Calorias e Análiserating_on Caldo de Feijão Engorda ou Emagrece? Calorias e Análiserating_on Caldo de Feijão Engorda ou Emagrece? Calorias e Análiserating_on Caldo de Feijão Engorda ou Emagrece? Calorias e Análise (2 votos, média: 5,00 de 5)
rating_on Caldo de Feijão Engorda ou Emagrece? Calorias e AnáliseLoading…





Fonte do Artigo

Anúncio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here