Hipotensão postural (ortostática): o que é, causas e tratamento

0


Anúncio

A hipotensão postural, também conhecida como hipotensão ortostática, é uma situação caracterizada pela rápida diminuição da pressão arterial, o que leva ao aparecimento de alguns sintomas, como sensação de tontura, desmaio e fraqueza.

Essa situação acontece principalmente quando a pessoa passa da posição deitada ou sentada para a posição em pé rapidamente, mas também pode ser consequência do uso de alguns medicamentos, repouso prolongado na cama ou desidratação, sendo importante investigar a causa e iniciar o tratamento adequado.

loading-dots-article Hipotensão postural (ortostática): o que é, causas e tratamento

O que pode causar Hipotensão postural

A hipotensão postural acontece principalmente quando a pessoa levanta-se rapidamente, não havendo tempo suficiente para que o sangue circule corretamente, ficando acumulado nas veias das pernas e do tórax, resultando nos sintomas. Outras causas de hipotensão ortostática são:

  • Uso de alguns medicamentos;
  • Desidratação, em que há diminuição do volume de sangue;
  • Ficar muito tempo deitado ou sentado;
  • Alterações da pressão devido à idade;
  • Após atividade física intensa;
  • Diabetes mellitus não controlada;
  • Doença de Parkinson.

Há também a hipotensão pós-prandial, que é mais comum em idosos e é caracterizada pela diminuição brusca e repentina da pressão arterial algumas horas após a refeição, o que pode representar risco para a pessoa, já que aumenta o risco de queda, insuficiência cardíaca e AVC pós prandial.

A hipotensão postural é caracterizada pela queda da pressão, de modo que a pressão sistólica encontra-se menor que 20 mmHg e a diastólica menor que 10 mmHg. Assim, na presença de sinais e sintomas indicativos de queda da pressão, é importante ir ao cardiologista ou clínico geral para que seja feito o diagnóstico.

O diagnóstico desse tipo de hipotensão é feito por meio da verificação da pressão arterial em diferentes posições, pois assim o médico consegue avaliar a variação da pressão arterial. Além disso, o médico avalia os sinais e sintomas apresentados pela pessoa, bem como o histórico. Alguns exames podem ser recomendados, como eletrocardiograma (ECG), glicose e dosagem de eletrólitos, como cálcio, potássio e magnésio, por exemplo, no entanto o resultado desses exames é pouco conclusivo para a hipotensão postural.

Principais sintomas

Os principais sinais e sintomas relacionados à hipotensão ortostática são sensação de desmaio, escurecimento da visão, tontura, palpitação, confusão mental, perda de equilíbrio, tremores, dor de cabeça e queda, sendo importante consultar o médico no caso da hipotensão ser frequente.

A ocorrência da hipotensão postural aumenta de acordo com a idade, sendo mais frequente nos idosos, e os sintomas podem surgir segundos ou minutos após a pessoa se levantar, por exemplo.

Como é feito o tratamento

O tratamento é estabelecido pelo médico de acordo com a causa da hipotensão ortostática, de modo que pode ser recomendada a alteração da dose de determinado medicamento que se esteja fazendo uso, aumento do consumo de líquidos e prática de exercício regular e de intensidade leve a moderada. Além disso, é importante ficar muito tempo deitado, sendo recomendado sentar ou levantar regularmente.

Em alguns casos, o médico pode recomendar também o uso de alguns medicamentos que promovem a retenção de sódio e alívio dos sintomas, como a Fludrocortisona, por exemplo, ou antiinflamatórios não esteroides (AINES) que também promovem a melhora da hipotensão postural.





Fonte do Artigo
Tag:
#emagrecimento #dieta #emagrecer #fitness #saude #vidasaudavel #reeduca #nutricao #fit #foco #alimentacaosaudavel #lowcarb #treino #oalimentar #gym #academia #emagrecercomsaude #nutricao #dietasemsofrer #comidadeverdade #foconadieta #alimenta #perderpeso #qualidadedevida #hipertrofia

Anúncio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here