O que é e como identificar a dermatite atópica

0
31


A dermatite atópica é uma inflamação da pele, também conhecida por eczema atópico, que causa diferentes lesões na pele, como placas ou pequenos caroços avermelhados, que costumam coçar bastante e, na maioria das vezes, surgem em bebês ou crianças até 5 anos, apesar de poderem aparecer em qualquer idade.

Esta inflamação da pele tem origem alérgica e não é contagiosa, e os locais mais afetados variam de acordo com a idade, sendo mais comum nas dobras dos braços e joelhos, podendo, também, aparecer nas bochechas e junto às orelhas dos bebês, ou no pescoço, mãos e pés dos adultos. Apesar de não ter cura, a dermatite atópica pode ser tratada com remédios anti-inflamatórios em pomada ou comprimidos, e com a hidratação da pele.

Dermatite no bebê

Dermatite no adulto

Principais sintomas

A dermatite atópica pode aparecer em qualquer bebê ou adulto que sofra de algum tipo de alergia, sendo muito comum em pessoas que têm rinite alérgica ou asma, e por isso, é considerada uma forma de alergia na pele. Esta reação pode acontecer a qualquer momento, mas também pode ser desencadeada por alergia a um alimento, poeira, fungos, calor, suor ou como resposta a estresse, ansiedade e irritabilidade.

Anúncio
Liberdade Financeira de Verdade!

Além disso, a dermatite atópica tem influências genéticas e hereditárias, pois é muito frequente que a pessoa com esta doença tenha pais também alérgicos. Os sintomas mais comuns são:

  • Inchaço na pele;
  • Vermelhidão;
  • Coceira;
  • Descamação da pele;
  • Formação de pequenas bolinhas.

Estas lesões podem, frequentemente, aparecer em períodos de surto e desaparecer quando a reação alérgica melhora. Entretanto, quando as lesões não são tratadas ou permanecem por muito tempo na pele, passando para a forma crônica, podem passar a ter uma coloração mais escurecida e parecer uma crosta, situação chamada de liquenificação. Saiba reconhecer os sintomas de dermatite atópica.

Como a reação alérgica causa coceiras e ferimentos, há grande predisposição para a infecção das lesões, que pode ficar mais inchada, dolorida e com secreção purulenta.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico da dermatite atópica é feito pelo dermatologista principalmente por meio da avaliação dos sinais e sintomas apresentados pela pessoa. Além disso, o médico deve levar em consideração a história clínica da pessoa, ou seja, a frequência com que surgem os sintomas e em que situações aparecem, ou seja, se surge em momentos de estresse ou como consequência de rinite alérgica, por exemplo.

É importante que o diagnóstico da dermatite atópica seja feito assim que surgirem os primeiros sintomas para que o tratamento possa ser iniciado logo em seguida e sejam prevenidas complicações, como infecções de pele, problemas para dormir, devido à coceira, febre, asma, descamação da pele e coceira crônica.

Como tratar

O tratamento para dermatite atópica pode ser feito com o uso de cremes ou pomadas corticóides prescritos pelo dermatologista, como Dexclorfeniramina ou Dexametasona, 2 vezes ao dia. É ainda importante adotar alguns hábitos para diminuir a inflamação e tratar as crises, como:

  • Usar hidratantes, à base de ureia, evitando-se produtos como cor e cheiro;
  • Não tomar banho com água quente;
  • Evitar tomar mais que um banho por dia;
  • Evitar alimentos com maior possibilidade de causar alergias, como camarão, amendoim ou leite.

Além disso, podem ser necessários medicamentos em comprimido, como anti-alérgicos ou corticóides, prescritos pelo dermatologista, para diminuir as crises de coceira e inflamações graves. Entenda mais sobre o tratamento para dermatite atópica.





Fonte do Artigo
Tag:
#emagrecimento #dieta #emagrecer #fitness #saude #vidasaudavel #reeduca #nutricao #fit #foco #alimentacaosaudavel #lowcarb #treino #oalimentar #gym #academia #emagrecercomsaude #nutricao #dietasemsofrer #comidadeverdade #foconadieta #alimenta #perderpeso #qualidadedevida #hipertrofia

Anúncio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here