O que fazer para acabar com o vício por doces

0
31


Uma estratégia bastante eficiente para diminuir a vontade de comer doces é melhorar a saúde da flora intestinal, comendo iogurte natural, bebendo chá sem açúcar e muita água por exemplo, isso para que o cérebro pare de receber estímulos para comer alimentos muito doces e ricos carboidratos, quebrando assim um ciclo de maus hábitos alimentares que normalmente é difícil de resistir e quebrar.

Por outro lado, a dieta dieta rica em fibras, frutas, e probióticos é capaz de mudar as bactérias que vivem no intestino, fazendo com que elas liberem substâncias que reduzam a vontade por comer mais doces controlando assim a fome e a saciedade e ajudando também na perda de peso.

Por isso, veja a seguir 7 dicas de como ter uma flora intestinal saudável para se livrar do vício por doces:

1. Comer iogurte natural diariamente

Os iogurtes naturais são compostos apenas por leite e fermentos lácteos, que são bactérias boas para o intestino. Assim, tomar um desses iogurtes todo dia aumenta a quantidade de bactérias boas que chegam ao intestino, formando uma flora cada vez mais saudável.

Além disso, o iogurte natural não contém açúcar nem aditivos ou corantes artificiais, o que favorece ainda mais a saúde do intestino. Para variar a dieta, boas opções são bater o iogurte natural com frutas frescas para dar sabor ou adoçá-lo com um pouco de mel. Veja como produzir iogurte natural caseiro de forma fácil e prática.

Anúncio
Liberdade Financeira de Verdade!

2. Consumir alimentos integrais

Os alimentos integrais são ricos em fibras, nutrientes que servem como alimentos das boas bactérias intestinais. Assim, ter uma alimentação rica em fibras ajuda a aumentar a quantidade dessas bactérias, pois elas estarão sendo bem alimentadas e irão se multiplicar mais rapidamente. 

Uma boa dica é trocar o arroz e o macarrão comuns pela versão integral porque assim eles tem menos carboidratos simples em sua composição. Sempre que comemos carboidratos simples, como os presentes no pão, bolo, arroz e macarrão as bactérias intestinais que digerem o carboidrato aumentam de quantidade, e passam a pedir cada vez mais doces para o organismo, pois é ele que vai alimentá-las e mantê-las vivas.

3. Reduzir o consumo de açúcar e carboidratos simples

Reduzir o consumo de açúcar e carboidratos simples, como pão branco, biscoitos recheados, macarrão, bolos e salgados, faz com que as bactérias ruins do intestino sejam menos alimentadas, fazendo com que elas diminuam em quantidade.

Com isso, a vontade de comer doces diminui porque essas bactérias ruins já não vão liberar substâncias que aumentam a vontade por doces. Além disso, as bactérias boas têm mais chance para se reproduzir e sobreviver no intestino, melhorando a saúde em geral.

4. Consumir biomassa de banana verde

A biomassa de banana verde é um alimento rico em amido resistente, um tipo de fibra que serve de alimentos para as bactérias intestinais boas. Além disso, as fibras aumentam a sensação de saciedade e reduzem a fome, fazendo com que a vontade por doces permanece longe por mais tempo.

A biomassa pode ser utilizada em receitas como bolos, brigadeiro, estrogonofe e para engrossar caldos e sopas. Saiba como fazer biomassa de banana verde em casa.

5. Consumir Aveia

A aveia é rica em inulina, um tipo de fibra que estimula a reprodução de bactérias intestinais benéficas e reduz as patogênicas, além de trazer benefícios como redução de colesterol e triglicerídeos, prevenção de câncer de cólon e aumento da absorção de minerais no intestino.

Além da aveia, inulina também pode ser encontrada em alimentos como cebola, alho, tomate, banana, cevada, trigo e mel. Veja todos os seus benefícios aqui.

6. Comer sementes e castanhas

As sementes como chia, linhaça, gergelim e semente de girassol são ricas em magnésio, mineral que estimula a produção de serotonina, um hormônio que dá a sensação de bem estar e melhora o humor. Com isso, a vontade de comer doces diminui.

Já as castanhas e outras frutas oleaginosas, como amêndoas, avelãs e nozes, além de serem ricas em magnésio, também possuem zinco, selênio e ômega-3, nutrientes essenciais para reduzir o estresse e ansiedade, fazendo com que a vontade por doces também fique controlada.

7. Tomar probióticos em cápsulas

Os probióticos são bactérias boas para o intestino e, além de alimentos naturais como iogurte, kefir e kombucha, eles também podem ser encontrados na forma de cápsulas ou pó, podendo serem utilizados como suplementos na dieta.

Ao tomar esses suplementos, as bactérias chegam ao intestino e se reproduzem, construindo uma flora intestinal saudável. Alguns exemplos de probióticos encontrados em farmácias e lojas de nutrição são Floratil, PB8 e Prolive, além de também existirem probióticos feitos em farmácias de manipulação, produzidos de acordo com a orientação do médico ou do nutricionista.

Confira estas e outras dicas no vídeo seguinte:

COMO CONTROLAR A VONTADE DE COMER DOCES

20 mil visualizações

É importante lembrar que além da alimentação, também é necessário fazer atividade física regularmente para melhorar a produção hormonal e reduzir a ansiedade, o que contribui para diminuir a vontade de comer doces





Fonte do Artigo
Tag:
#emagrecimento #dieta #emagrecer #fitness #saude #vidasaudavel #reeduca #nutricao #fit #foco #alimentacaosaudavel #lowcarb #treino #oalimentar #gym #academia #emagrecercomsaude #nutricao #dietasemsofrer #comidadeverdade #foconadieta #alimenta #perderpeso #qualidadedevida #hipertrofia

Anúncio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here