Remédio para Infecção Intestinal – 6 Mais Usados

0
425


A infecção intestinal ocorre devido à presença de micro-organismos no intestino que estão em maiores quantidades do que deveriam ou que fazem mal para a saúde.

Nem sempre o tratamento para infecção intestinal é simples, já que é necessário identificar o agente infeccioso que está causando os sintomas. Além de dar dicas de como identificar a causa da infecção, vamos mostrar quais são os tipos de remédio para infecção intestinal mais usados e mais eficazes para tratar a condição.

Infecção intestinal

Geralmente, a infecção intestinal é causa por vírus,
bactéria ou parasita presente no tecido intestinal. Os principais sintomas
podem incluir náuseas, vômitos, cólicas abdominais, febre e diarreia.

Tais sintomas podem ser observados em qualquer tipo de infecção, seja causada por bactéria, vírus ou parasita. No entanto, alguns sinais específicos podem ajudar a identificar o agente nocivo que está causando o problema. Por exemplo, em uma infecção bacteriana pode ocorrer sangue nas fezes, enquanto que em uma infecção causada por um parasita pode ocorrer a saída de vermes através das fezes.

Outros sintomas que também podem ser observados são perda de
apetite e cãibras.

Anúncio
Liberdade Financeira de Verdade!

Como tratar

O tratamento da infecção vai depender do agente infeccioso, que como já vimos, pode ser uma bactéria, um vírus ou um parasita.

– Infecção bacteriana

Na infecção bacteriana, por exemplo, a infecção pode ser
desencadeada por bactérias como a Escherichia
coli
, Salmonela e Shigella. Tais bactérias geralmente são
introduzidas no organismo por meio de alimentos ou água contaminados.

Uma das principais causas de infecção intestinal causada por bactérias é a gastroenterite bacteriana, uma infecção que resulta em inflamação no estômago e nos intestinos. Em outros casos, uma infecção intestinal ocasionada por bactéria é conhecida como intoxicação alimentar, em que um alimento estava contaminado com micro-organismos. Outras possíveis causas incluem contato direto com animais infectados ou hábitos ruins de higiene.

Segundo o National Institutes of Health dos Estados Unidos, os antibióticos só devem ser prescritos como remédio para infecção intestinal quando há diarreia grave que não melhora com nenhum outro tratamento. Nos demais casos, é aconselhado tomar bastante líquidos para prevenir a desidratação e evitar comer alimentos sólidos até que a diarreia cesse.

– Infecção viral

A infecção viral do intestino, chamada também de
gastroenterite viral, também é contraída por meio do consumo de água ou
alimentos contaminados. Por se tratar de um vírus, o contato com alguém
contaminado também pode espalhar a doença.

A gastroenterite também pode ser causada por vírus e causar
sintomas desagradáveis como náusea, vômito, cólica e diarreia.

Os vírus mais comuns que causam a infecção intestinal são o rotavírus e o norovírus. Infelizmente, não há um tratamento específico para tratar a condição. Será recomendado apenas que o paciente se mantenha bem hidratado, repouse e que consuma alimentos leves apenas quando melhorarem da diarreia.

– Infecção parasitária

A infecção parasitária no intestino é aquela causada por um
verme que se estabelece no corpo e se multiplica. Esse é o tipo de infecção
intestinal mais fácil de diagnosticar devido aos sintomas característicos que
podem incluir: coceira anal, dificuldade para dormir, passagem de vermes pelas
fezes e perda de peso.

A giardíase é uma das doenças parasitárias intestinais mais frequentemente diagnosticadas. Se não tratada, ela pode causar diarreia crônica, gases, náusea, vômito e cólicas por 1 ou mais semanas. Outro parasita bem comum é o Cryptosporidium, que causa sintomas semelhantes.

Nesses casos, é essencial tomar medicamentos durante cerca
de 1 mês para matar os parasitas como o albendazol, o mebendazol ou o
praziquantal. Em alguns casos, membros da mesma família também são tratados
para evitar a propagação da doença.

Remédios para infecção intestinal mais usados

1. Antibióticos

Dentre os antibióticos mais comumente prescritos como remédio para infecção intestinal estão a azitromicina, a doxiciclina, o metronidazol, a vancomicina, o sulfametoxazol com trimetoprima e a ciprofloxacina.

Porém, os antibióticos devem ser usados com muita cautela e apenas para casos em que um médico diagnosticou a presença de bactérias no organismo. Ainda assim, o médico só deve receitar um antibiótico se notar que o sistema imunológico não será capaz de combater o micro-organismo sozinho. Do contrário, é possível que se crie uma bactéria super-resistente muito mais difícil de eliminar.

2. Probióticos

O consumo de probióticos geralmente é recomendado com o intuito de normalizar a microflora intestinal, já que probióticos são bactérias saudáveis e vitais para o bom funcionamento do intestino. Porém, é importante ter muito cuidado e só usar probióticos sob recomendação médica já que em casos de diarreia crônica, a situação pode piorar dependendo da dosagem utilizada.

Os remédios probióticos mais indicados pelos médicos são o Florax, que contém o probiótico Saccharomyces cerevisiae, e o Floratil ou o UL-250, que contém o probiótico Saccharomyces boulardii em suas composições.

3. Analgésicos

Quando há muita dor, um remédio para infecção intestinal também indicado pelos médicos é um analgésico para alívio desse sintoma. O mais usado é o paracetamol, já que outros tipos de analgésicos como o ibuprofeno, o diclofenaco sódico e o naproxeno sódico podem piorar os sintomas.

4. Anti-inflamatórios

Remédios anti-inflamatórios podem ser indicados quando há
suspeita de inflamação no intestino. Os mais usados são os corticosteroides e
os aminosalicilatos como a balsalzida, a mesalamina e olsalazina.

Esses remédios só devem ser usados sob orientação médica e o medicamento escolhido vai depender da área do intestino que está sendo afetada por uma inflamação.

5. Antidiarreicos

Suplementos de fibras como o psyllium em pó ou a metilcelulose podem ser prescritos para aliviar a diarreia durante a infecção intestinal. Remédios como a loperamida pode ser indicada em casos de diarreias mais graves.

Medicamentos como esses ajudam a deixar as fezes mais volumosas, evitando a perda de tantos nutrientes durante os primeiros dias de infecção.

6. Suplementos dietéticos

Quando a diarreia é muito severa e nada para no seu
estômago, é bem provável que o médico receite um multivitamínico ou algumas
vitaminas específicas para repor a perda e evitar a desnutrição.

Normalmente, os suplementos mais indicados são aqueles que contêm nutrientes como ferro, vitamina D e cálcio para evitar desnutrição e anemia por deficiência de ferro.

Tratando a infecção intestinal em casa

Em qualquer tipo de infecção intestinal, o corpo pode ficar desidratado e desnutrido rapidamente. Assim, é muito importante tomar algumas precauções em casa para evitar a desidratação e a perda de minerais importantes como o sódio e o potássio, por exemplo, além do remédio para infecção intestinal que o médico receitas.

As melhores dicas para casos leves de infecção intestinal em
que os sintomas perduram de 2 a 3 dias são:

  1. Ingerir líquidos, principalmente água, com bastante frequência;
  2. Comer pouco e com alta frequência para evitar a desnutrição, dando preferência para alimentos leves e salgados;
  3. Utilizar gengibre para ajudar no combate a infecção e na redução da dor abdominal;
  4. Não usar nenhum suplemento ou remédio para infecção intestinal sem antes consultar um médico;
  5. Ir ao hospital imediatamente se não conseguir manter nada no estômago;
  6. Evitar a ingestão de produtos lácteos ou de alimentos ricos em fibras para que a diarreia não piore;
  7. Usar vinagre de maçã para deixar o estômago mais forte e protegido contra complicações ou outras infecções;
  8. Evitar o consumo de alimentos gordurosos;
  9. Consumir alimentos ou bebidas ricas em potássio e outros eletrólitos.

Se os sintomas durarem mais de 3 dias, é indispensável ir a um consultório médico, pois pode ser necessário repor os fluidos perdidos por meio de vômito e diarreia através de via intravenosa.

Dicas de prevenção

As vezes é impossível escapar de uma infecção intestinal, como em casos de ingestão de alimentos ou água contaminada. Mas há algumas precauções que você pode tomar para evitar o contágio.

  1. Lave bem qualquer alimento fresco que for consumir em casa;
  2. Tente saber se o restaurante que você pretende ir ou frequenta adota boas práticas de higiene;
  3. Lave as mãos com frequência e de preferência com água morna e com um sabonete antisséptico;
  4. Use álcool em gel quando não puder lavar as mãos para evitar contrair infecções de outras pessoas em ambientes públicos;
  5. Evite ingerir leites não pasteurizados e crustáceos, peixes ou carnes cruas;
  6. Armazene bem os alimentos que não for consumir imediatamente para evitar a proliferação de microrganismos;
  7. Mantenha sua cozinha limpa;
  8. Leve ou compre água potável quando for viajar para algum lugar desconhecido para evitar contaminação através da água local.

Apenas as infecções intestinais
causadas por vírus são altamente contagiosas. Ou outros tipos só são
contagiosos em casos pontuais em que há contato direto com as fezes de uma
pessoa doente, o que é uma situação bem difícil.

Apesar de os sintomas serem bastante
desagradáveis e debilitantes, o importante é não esquecer de se hidratar e
tentar comer alimentos leves se for possível. O grande risco de uma infecção
intestinal é a desidratação resultante dos sintomas. Assim, se você se manter
bem hidratado e repor os eletrólitos perdidos, o seu sistema imunológico
provavelmente será capaz de combater o agente infeccioso.

Na dúvida, se os sintomas estão
passando ou não, procure um médico para indicar o melhor tratamento para o seu
caso.

Referências adicionais:

Você já tomou algum tipo de remédio para infecção intestinal dos que listamos acima? De que tipo foi a infecção e em quanto tempo foi tratada? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading…





Fonte do Artigo

Anúncio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here