5 Benefícios da Farinha de Uarini

0
113


Para quem está acostumado com farinhas tradicionais como a farinha de trigo e a farinha de milho, a farinha de Uarini pode ser uma completa desconhecida. Entretanto, hoje é o dia em que isso vai mudar: neste artigo vamos conhecer melhor essa farinha, descobrir quais são os seus possíveis benefícios e até mesmo aprender a preparar algumas receitinhas com ela.

Depois, aproveite a deixa para ficar mais familiarizado com outra farinha que não é tão conhecida – a farinha de maca peruana.

Sobre a farinha de Uarini

A farinha de Uarini é uma farinha de mandioca fermentada famosa na região do Amazonas e do Pará. O ingrediente também pode ser conhecido pelo nome de farinha de bolinha, ova ou ovinha, uma vez que a sua aparência lembra as ovas dos peixes da região amazônica.

Ela é fabricada no interior do Amazonas, no município de Uarini – daí o nome. Para que a tal farinha possa ser produzida, a mandioca é colhida e imersa na água ao longo de dois ou três dias para fermentar, amolecer e soltar a sua casca.

Anúncio

Na sequência, a massa obtida é espremida no tipiti (uma espécie de prensa de origem indígena), peneirada e colocada para secar ao sol. Então, ela vai para um boleador, um objeto de formato cilíndrico que é girado lentamente e faz com que os grãos da farinha fiquem com um formato redondinho.

Isso também pode ser feito por meio de um processo artesanal, em que a massa da farinha é posta em uma rede de pano, que é girada diversas vezes para que os seus grãos fiquem arredondados.

A próxima etapa consiste em colocar a farinha em um tacho para torrar, com o objetivo de que ela ganhe um cheiro e um sabor mais acentuados. Por fim, a farinha é peneirada novamente e passa por uma espécie de ventilador, para que a poeira seja removida e permaneçam somente as suas bolinhas.

Para que serve – 5 benefícios da farinha de Uarini

1. As propriedades da farinha de Uarini

Conforme informações da publicação “Alimentos Regionais Brasileiros” (2ª edição, 2015) do Ministério da Saúde, não foram encontradas referências de análises nutricionais para a farinha de Uarini.

O que se sabe é que a mandioca, alimento que dá origem à farinha de Uarini, é composta por nutrientes como carboidratos, fibras, potássio, ferro, vitamina B1 vitamina B9 e vitamina C, de acordo com informações do site Minha Vida.

2. Fonte de energia

A farinha de Uarini é um tipo de farinha de mandioca, um alimento conhecido por servir como fonte de energia, devido ao seu teor elevado de carboidratos.

Entretanto, a farinha de mandioca exige cuidados e controle em seu consumo, especialmente por parte de quem segue um estilo de vida sedentário, para que a sua ingestão não estimule o aumento do peso corporal.

Quando consumida diariamente e em grande quantidade a farinha de mandioca engorda. Dessa forma, seu consumo desse ser limitado. Nutricionistas recomendam consumir uma colher de sopa por dia da farinha de mandioca, para o caso de pessoas com controle de peso.

Além disso, quando for consumida, o ideal é acompanhar a refeição com carnes e saladas, que são alimentos que dão uma maior saciedade. Além disso, esses alimentos ajudam a diminuir a carga glicêmica da refeição, contribuindo para evitar o ganho de peso.

Outro cuidado importante é evitar o consumo da farinha de mandioca com alimentos ricos em gordura, como linguiça e bacon, e de carboidrato simples, como arroz branco. Encontramos essa recomendação relacionada a dietas para perda de peso.

3. Farinha livre de glúten

Uma vez que a farinha de mandioca não contém glúten em sua composição, podemos concluir que a farinha de Uarini também seja um produto livre do glúten.

Com isso, ela se torna uma alternativa de farinha para quem não pode ingerir as proteínas do glúten como as pessoas que sofrem com doença celíaca, a sensibilidade ao glúten ou a intolerância ao glúten.

Entretanto, para certificar-se que a farinha de Uarini que você está levando para casa é realmente livre de glúten, leia direitinho toda a embalagem do produto. É que mesmo que o produto naturalmente não contenha o glúten na sua composição, existe o risco de ocorrer a chamada contaminação cruzada com a substância caso a farinha de Uarini seja fabricada, processada, embalada ou transportada próxima ou junto de outros ingredientes que são compostos pelo glúten.

4. Economia local

Um dos grandes benefícios da farinha de Uarini refere-se à economia local da região onde ela é produzida. Segundo destacou a publicação “Alimentos Regionais Brasileiros” (2ª edição, 2015) do Ministério da Saúde, ela consiste na principal base da economia do município de Uarini, no Amazonas.

5. Culinária da região Norte

A farinha de Uarini aparece na culinária da região Norte do Brasil como recheio de peixes, em receitas de farofa, ao lado da castanha do Pará e também pode ser servida com pirarucu coberto por queijo coalho.

Receitas com farinha de Uarini

– Farofa com farinha de Uarini

Ingredientes:

  • 1/3 de xícara de chá de azeite;
  • 1 cebola grande picada;
  • 4 dentes de alho picados;
  • 3 pimentas murupi picadas;
  • ¼ de xícara de chá de salsinha picada;
  • ¼ de xícara de chá de manteiga;
  • 5 xícaras de chá de farinha de Uarini;
  • Sal a gosto.

Modo de preparo:

1 – Despejar o azeite em uma panela, levar ao fogo para aquecer e adicionar a cebola para refogar;

2 – Acrescentar o alho e deixar que ele doure. Na sequência, juntar as pimentas, a salsinha e a manteiga;

3 – Assim que a manteiga derreter, colocar a farinha de Uarini, acertar o sal (sem exagerar porque muito sódio faz mal) e mexer bem ao longo de três minutos. Depois é só servir.

– Cuscuz de farinha de Uarini com legumes

Ingredientes:

  • 150 gramas de farinha de Uarini;
  • 2 dentes de alho bem picadinho;
  • 200 ml de tucupi;
  • 1 rodela de gengibre bem picadinho;
  • Pimenta dedo-de-moça bem picadinha a gosto;
  • ½ pimentão vermelho cortado em cubos pequenos
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva – para o cuscuz;
  • 6 mini cenouras orgânicas cortadas em suas metades;
  • 8 tomates cerejas;
  • 100 gramas do cogumelo da sua preferência;
  • 1 colher de sopa de manteiga;
  • 3 colheres de sopa de azeite para os legumes;
  • 2 dentes de alho amassados e inteiros;
  • Sal a gosto;
  • Pimenta de sua preferência a gosto.

Modo de preparo:

1 – Passar as duas colheres de sopa de azeite de oliva para uma panela e levar ao fogo para refogar o alho, o gengibre e a pimenta dedo-de-moça até ficar ligeiramente dourado;

2 – Acrescentar o pimentão e deixar dar uma suada. Colocar o tucupi, acertar o sal (sem exagerar porque muito sódio faz mal) e esperar até levantar fervura;

3 – Despejar o líquido na farinha de Uarini aos pouquinhos e por todos os lados. Tampar e deixar descansar ao longo de 10 minutos a 15 minutos;

4 – Após, com o auxílio de um garfo, soltar o cuscuz e misturar tudo muito bem. Reservar;

5 – Em uma frigideira juntar as três colheres de sopa de azeite, a manteiga, o alho e levar ao fogo. Adicionar primeiro as cenouras que levam mais tempo para serem cozidas e deixar no fogo brando até atingir uma coloração dourada;

6 – Adicionar os tomates e os cogumelos e cozinhar, porém, sem permitir que os legumes percam a sua textura. Desligar o fogo e reservar;

7 – Em uma travessa grande, colocar os cuscuz e distribuir os legumes cozidos por cima. Temperar a gosto com a pimenta de sua preferência e servir.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já conhecia os 5 benefícios da farinha de uarini? Pretende experimentar? Comente abaixo!

rating_on 5 Benefícios da Farinha de Uarinirating_on 5 Benefícios da Farinha de Uarinirating_on 5 Benefícios da Farinha de Uarinirating_on 5 Benefícios da Farinha de Uarinirating_on 5 Benefícios da Farinha de Uarini (1 votos, média: 5,00 de 5)
rating_on 5 Benefícios da Farinha de UariniLoading…



Fonte do Artigo
Tag:
#emagrecimento #dieta #emagrecer #fitness #saude #vidasaudavel #reeduca #nutricao #fit #foco #alimentacaosaudavel #lowcarb #treino #oalimentar #gym #academia #emagrecercomsaude #nutricao #dietasemsofrer #comidadeverdade #foconadieta #alimenta #perderpeso #qualidadedevida #hipertrofia

Anúncio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here