5 Benefícios do Broto de Trigo – Receitas e Dicas

0
10


Ainda que alguns alimentos não sejam tão comuns na nossa rotina de refeições, isso não significa que eles não tenham as suas utilidades e os seus benefícios para o nosso dia a dia. Por exemplo, você já experimentou o broto de trigo?

Vamos conhecer alguns dos benefícios que já foram associadas ao broto de trigo e aprender uma das receitas de como plantá-lo. Vamos nessa?

5 benefícios do broto de trigo

1. Imunidade

O broto de trigo contribui em relação ao fortalecimento do sistema imunológico do organismo.

2. Células

Anúncio
Liberdade Financeira de Verdade!

O broto de trigo também promove o rejuvenescimento das células do organismo.

3.  Superioridade nutricional

Ao responder a um questionamento a respeito dos benefícios de se comer alimentos germinados/brotados, o consultor nutricional e PhD Mike Roussell afirmou que, ainda que não existam muitas pesquisas sobre os benefícios dos grãos germinados/brotados, o processo de germinação/brotação torna esses alimentos nutricionalmente superiores às suas versões não germinadas/brotadas.

“Você já ouviu sobre os grãos integrais, que são simplesmente sementes que ainda não foram germinadas, cobertas na camada protetiva chamada de casca. Quando elas estão intactas, os grãos contêm uma série de compostos que inibem o crescimento, mas quando as condições ambientais são corretas, a semente começa a germina/brotar, a casca abre e os inibidores de crescimento são desativados”, explicou o consultor nutricional e PhD.

Roussell esclareceu ainda que “os grãos brotados/germinados iniciaram parcialmente esse processo de crescimento. A desativação de enzimas ‘anticrescimento’ gera uma maior disponibilidade de vitamina C, folato (vitamina B9) e minerais como o ferro. O processo de germinação/brotação também resulta em uma redução nos carboidratos ao lado de um aumento nas proteínas. Finalmente, eles também têm níveis mais baixos de glúten e até três vezes a quantidade de fibras solúveis encontradas em grãos não brotados/germinados.”

O processo de germinação/brotação aumenta o teor e vitamina A, vitamina B, vitamina C e vitamina E encontrado no grão, além de diminuir a quantidade de carboidratos e aumentar a quantia de proteínas, como foi apontado pelo consultor nutricional e PhD Mike Roussell.

4. Digestibilidade e absorção de nutrientes

Durante esse processo de germinação/brotação, enzimas ativadas melhoram a digestibilidade e a absorção dos nutrientes. 

Além disso, segundo o que encontramos, a farinha de trigo para pães feita com o trigo germinado contribui com carboidratos que são mais fáceis de serem digeridos pelo organismo, já que os seus amidos (um tipo de carboidrato) já foram decompostos pelas enzimas.

5. Glúten

Também conforme encontramos, é possível encontrar versões de pães preparados à base de farinha de trigo germinado com baixo ou nenhum teor de glúten, o que se torna uma alternativa para quem não pode ingerir o glúten por questões de saúde ou simplesmente decidiu excluir ou diminuir o consumo da substância nas suas refeições.

No caso dos pães de farinha de trigo brotado com baixo teor de glúten, para quem sofre com alguma doença que impede a ingestão do glúten, é necessário consultar o médico para saber se existe um teor mínimo da substância que pode ser ingerido e se esses produtos são adequados para o consumo.

Receita – Como plantar broto de trigo

Ingredientes e utensílios:

  • Sementes de trigo;
  • Recipiente de vidro, plástico ou metal, preferencialmente escuro e com uma tampa com furinhos;
  • Água filtrada;
  • Pano (caso o recipiente não for escuro).

Modo de preparo:

Lavar bem o recipiente assim como a sua tampa e as sementes de trigo; Encher 30% do recipiente com as sementes de trigo; Completar até 80% do volume total do recipiente com a água filtrada e fechá-lo com a tampa com furinhos – é necessário que a tampa do recipiente que recebeu as sementes conte com furinhos para que as sementes tenham ar ao longo do processo, caso a tampa não tenha furinhos, ocorrerá um processo de fermentação.

Cobrir o recipiente com um pano para que fique bem escurinho, caso não tenha utilizado um recipiente escuro; Armazenar o recipiente em um local fresco durante oito horas.

Depois, lavar bem e bastante as sementes germinadas para remover as sujeiras visíveis e invisíveis como bactérias, toxinas, casquinhas e pedrinhas, por exemplo. Tampar o recipiente e virá-lo, ainda tampado, de cabeça para baixo para escorrer todo o excesso de água.

Deixar o pote coberto com o pano, inclinado e escorrendo durante mais oito horas. Então, você terá os seus brotos de trigos germinados, que podem ser armazenados na geladeira ao longo de até uma semana e devem ser expostos à plena luz solar ao longo de algumas horas antes de serem consumidos.

Cuidados

Ao responder o questionamento a respeito dos possíveis benefícios dos alimentos germinados, o consultor nutricional e PhD, Mike Roussell, também passou alguns alertas a respeito desses produtos.

“Preste atenção que, se comidos crus, os grãos germinados podem ter um risco para a saúde: o ambiente úmido e morno necessário para germinar e brotar os grãos é o mesmo ambiente que também facilita o crescimento de bactérias. Entretanto, cozinhar os grãos germinados vai matar qualquer bactéria em potencial. Felizmente, os grãos brotados mais populares como arroz, cevada, painço e trigo são geralmente triturados e cozinhados em pão ou macarrão ou consumidos como um prato independente. No entanto, tome cuidado com os grãos brotados que podem ser comidos crus como o grão-de-bico germinado no húmus”, explicou Roussell.

Você já conhecia os benefícios do broto de trigo? Pretende incorporar no seu dia a dia essa receita? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading…





Fonte do Artigo

Anúncio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here