Como treinar com segurança quando o tempo está seco

0
405


Condição climática é preocupante por provocar ressecamento das nossas vias respiratórias

Por Amanda Panteri

access_time

18 set 2019, 16h26

Você provavelmente já deve ter lido por aí muitas dicas sobre as precauções que devemos tomar ao fazer exercícios em lugares quentes demais. Contudo, é preciso prestar atenção também em outra característica do clima: a umidade relativa do ar. “Quando baixa, costuma ser preocupante porque ela provoca o maior ressecamento das vias aéreas, potencializando o risco de infecções, alergias e desidratação”, explica a preparadora física Vanessa Menache, sócia-diretora da AV Treinamento Inteligente. 

A importante medida, usada na previsão do tempo, trata-se da quantidade de vapor de água presente na atmosfera. Ela indica a possibilidade de precipitação, orvalho e nevoeiro. E a Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que para uma boa qualidade do ar, a sua umidade precisa estar em torno de 60%, número que tende a ser mais baixo no final do inverno e início da primavera, e principalmente entre 12 e 16 horas. 

Anúncio
Liberdade Financeira de Verdade!

Mas calma, você também não precisa parar de malhar nessa época do ano. Se a porcentagem estiver entre 45 e 50%, ela ainda é considerada confortável para a prática esportiva, segundo a própria OMS. Abaixo disso, pode gerar alguns incômodos. “A baixa umidade do ar causa desconforto durante os treinos e, em casos mais graves, até uma sobrecarga cardíaca por desidratação. Isso porque a hidratação inadequada pode aumentar excessivamente a frequência cardíaca para compensar o menor volume de sangue em circulação”, afirma a educadora física.

Além disso, você ainda pode sentir um cansaço maior do que o normal, irritação nos olhos e garganta, ressecamento da pele e sangramento nasal. E os motivos são simples. “Em baixa umidade, a transpiração é estimulada através da perda de calor para o ambiente. Dessa forma, há uma maior perda de líquido corporal, o que aumentando o risco de desidratação”, explica Vanessa Menache.

O que é ainda pior para quem sofre com problemas respiratórios. O ressecamento das vias aéreas aumenta a incidência de problemas como crises de asma, rinite alérgica e de infecções virais e bacterianas.

Pensando nisso, Vanessa Menache lista os cuidados que são simples, mais imprescindíveis para você treinar em baixa umidade do ar com tranquilidade: 

  • Mantenha o corpo hidratado durante a atividade física. Para isso, beba água antes, durante e depois dos treinos;
  • Use roupas com tecidos leves transpiráveis;
  • Evite treinar em ambiente não climatizado ou ao ar livre entre 10:00 e 16:00. 



Fonte do Artigo
Tag:
#emagrecimento #dieta #emagrecer #fitness #saude #vidasaudavel #reeduca #nutricao #fit #foco #alimentacaosaudavel #lowcarb #treino #oalimentar #gym #academia #emagrecercomsaude #nutricao #dietasemsofrer #comidadeverdade #foconadieta #alimenta #perderpeso #qualidadedevida #hipertrofia

Anúncio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here