Diabético Pode Beber Whisky? – MundoBoaForma.com.br

0
19


Se você tiver sido diagnosticado com diabetes, podem surgir uma série de dúvidas a respeito dos alimentos e bebidas permitidos e proibidos na dieta. Por exemplo, veja a seguir se o diabético pode beber whisky, uma bebida alcoólica que é apreciada por muitas pessoas.

Se você não tem a diabetes, é muito possível que já tenha ouvido falar da doença ou conheça alguém que sofre com a condição. Mas você saberia explicar como ela é desenvolvida?

Antes, aproveite que esse é o nosso assunto principal e veja a relação entre diabetes e álcool – efeitos e cuidados.

Pois bem, um quadro de diabetes envolve níveis muito elevados de glicose (açúcar) no sangue. Essa substância é a maior fonte de energia para o nosso organismo e é oriunda dos alimentos que consumimos nas refeições.

Uma pessoa desenvolve a doença quando o seu corpo não dá conta de produzir uma quantidade suficiente ou qualquer quantia de insulina ou não consegue utilizar o hormônio adequadamente.

Anúncio
Liberdade Financeira de Verdade!

Isso faz com que a glicose permaneça no sangue e não atinja as células do organismo, já que a insulina é justamente responsável por auxiliar a glicose obtida através da dieta a chegar até as nossas células e ser utilizada como energia.

Ao descobrir que sofre com a condição, é fundamental que o paciente não perca tempo e obedeça a todas as orientações que forem passadas pelo médico para o seu tratamento.

Até porque, com o passar do tempo, ter níveis elevados de glicose no sangue pode gerar uma série de complicações como doença no coração, acidente vascular cerebral (AVC), doença nos rins, problemas nos olhos, doenças dentárias, danos nos nervos e problemas nos pés.

O diabético pode tomar whisky?

Será que um diagnóstico de diabetes significa que o paciente chegado em um whisky vai precisar deixar a bebida de lado? Ou o diabético pode beber whisky, ainda que com certo cuidado?

Em primeiro lugar, é importante saber que a Associação Americana de Diabetes informou que as pessoas com diabetes precisam seguir as mesmas diretrizes que as pessoas que não possuem a doença em relação ao consumo de bebidas alcoólicas.

Ou seja, moderação continua a ser a palavra-chave: não custa nada lembrar que o excesso de álcool prejudica a saúde de qualquer pessoa, quer ela tenha diabetes, quer não tenha.

“O consumo excessivo de álcool, definido como mais de cinco bebidas alcoólicas em um intervalo de duas horas para homens e quatro para mulheres, pode aumentar o risco de doença cardíaca, diabetes do tipo 2 e síndrome metabólica. O consumo excessivo também pode tornar o controle da glicose um desafio por aumentar o peso e a resistência à insulina”, afirmou a nutricionista e educadora em diabetes, Barbie Cervoni, em artigo publicado no site Verywell Health.

Segundo a Associação Americana de Diabetes, as tais diretrizes mencionadas acima determinam que as mulheres não podem ingerir mais do que um drinque por dia e que os homens não podem tomar mais do que dois drinques diariamente. Um drinque corresponde a aproximadamente 45 ml de destilados como o whisky, esclareceu a organização.

Entretanto, as coisas não são tão simples e os cuidados não param por aí: o consumo de bebidas alcoólicas por parte dos diabéticos exige mais cautela. Até porque, como alertou a Associação Americana de Diabetes, os efeitos do álcool podem ser imprevisíveis e isso não é recomendado com um tratamento para a alta glicose no sangue.

A questão da hipoglicemia (baixa glicose no sangue)

O consumo de bebidas alcoólicas pode provocar uma diminuição nos níveis de glicose no sangue porque o álcool bloqueia a produção de glicose no fígado, órgão que contém estoques emergenciais de glicose para aumentar os níveis de açúcar no sangue quando eles estiverem muito baixos.

Uma vez que os estoques de glicose no fígado foram utilizados, uma pessoa que abusou do álcool não consegue produzir mais de imediato, o que pode gerar uma hipoglicemia perigosa e até mesmo a morte. As informações são da Associação Americana de Diabetes.

Isso é preocupante se pensarmos que um diabético já segue um tratamento focado no controle das taxas de glicose no sangue, não é mesmo?

Nada de beber de estômago vazio ou quando a glicose estiver baixa

A Associação Americana de Diabetes adverte que os diabéticos não podem consumir bebidas alcoólicas de estômago vazio ou quando os níveis de glicose no sangue estão baixos porque os riscos de hipoglicemia são mais elevados depois da ingestão de bebidas alcoólicas.

O diabético deve sempre comer algo quando for beber álcool, principalmente se ele usar insulina ou medicamentos para a diabetes que podem diminuir o nível de glicose no sangue por meio da produção de mais insulina, enfatizou a organização.

“Se você tem diabetes e está tomando insulina ou outros agentes orais que podem causar hipoglicemia, deve sempre carregar lanchinhos. As refeições podem atrasar e você precisa estar preparado. Carregue lanchinhos que tenham algum carboidrato: um pedaço de fruta, biscoitos crackers integrais ou uma barrinha substituta de refeição”, aconselhou a nutricionista e educadora em diabetes, Barbie Cervoni, em seu artigo publicado.

Como o álcool pode provocar a hipoglicemia logo depois do seu consumo e até 24 horas após a ingestão, o diabético que for tomar bebidas alcoólicas também deve checar os níveis de glicose no sangue antes de beber, enquanto bebe, antes de dormir e através da noite e com mais frequência do que o normal por até 24 horas, determinou a Associação Americana de Diabetes.

“Se a sua glicose sanguínea estiver baixa, coma alguma coisa para aumentar e certifique-se de checar novamente antes de ir dormir e outra vez ao longo da noite para ter certeza de que ela não está caindo muito”, recomendou a instituição.

Outras dicas importantes

Em seu artigo publicado, a nutricionista e educadora Barbie Cervoni lembrou ainda da importância do diabético carregar um documento que informe que ele tem diabetes o tempo todo.

Assim, caso alguma emergência ocorra, os profissionais de saúde responsáveis pelo atendimento estarão cientes que o paciente tem a doença, apontou a nutricionista e educadora em diabetes.

Até pode ser verdade que o diabético pode beber whisky, mas para cada bebida alcoólica que você tomar, beba um copo de água – isso vai te ajudar a ficar bem hidratado e consumir menos álcool. O álcool também pode aumentar o seu apetite, então beber água entre as bebidas alcoólicas pode te distrair da comilança.

A interação entre medicamentos e bebidas alcoólicas

Outro perigo a ser destacado quando analisamos se o diabético pode tomar whisky ou outras bebidas alcoólicas, refere-se uso de medicamentos no tratamento da diabetes ou de outras condições.

De acordo com a Associação Americana de Diabetes, o álcool é processado pelo fígado, que também é responsável por processar os remédios e remover toxinas como o próprio álcool e drogas. Para quem toma medicamentos, a ingestão de muita bebida alcoólica pode danificar o fígado, completou a organização.

Assim, ao receber a prescrição do uso de qualquer medicamento por parte do médico, é fundamental checar com ele se é permitido ou não consumir bebidas alcoólicas enquanto estiver fazendo uso do remédio em questão.

O mais seguro…

Para o paciente que deseja saber se um diabético pode tomar whisky ou qualquer outro tipo de bebida alcoólica é consultar o médico que cuida do seu quadro e não tomar nenhuma decisão antes de falar com ele.

É fundamental fazer isso porque cada paciente tem o seu próprio quadro de diabetes, além de particularidades em seu organismo, saúde e rotina, que podem restringir o consumo de álcool.

Portanto, o médico que acompanha o caso é realmente o mais indicado para determinar se a pessoa pode ingerir bebidas alcoólicas e ensinar quais cuidados o diabético precisa ter quando decidir beber o whisky.

Uma vez que tenha recebido a liberação para tomar a bebida e ouvido as orientações do médico a respeito desses cuidados, cabe ao paciente obedecer a todas elas. Vale lembrar que este artigo serve somente para informar e jamais pode substituir as recomendações e opiniões qualificadas de um médico.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já havia se perguntado se diabético pode beber whisky? Possui essa condição e tem vontade de tomar sua bebida preferida? Comente abaixo!

rating_on Diabético Pode Beber Whisky? - MundoBoaForma.com.brrating_on Diabético Pode Beber Whisky? - MundoBoaForma.com.brrating_on Diabético Pode Beber Whisky? - MundoBoaForma.com.brrating_on Diabético Pode Beber Whisky? - MundoBoaForma.com.brrating_on Diabético Pode Beber Whisky? - MundoBoaForma.com.br (1 votos, média: 5,00 de 5)
rating_on Diabético Pode Beber Whisky? - MundoBoaForma.com.brLoading…



Fonte do Artigo
Tag:
#emagrecimento #dieta #emagrecer #fitness #saude #vidasaudavel #reeduca #nutricao #fit #foco #alimentacaosaudavel #lowcarb #treino #oalimentar #gym #academia #emagrecercomsaude #nutricao #dietasemsofrer #comidadeverdade #foconadieta #alimenta #perderpeso #qualidadedevida #hipertrofia

Anúncio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here