Diferença entre os tipos de massagem — e como fazer uma relaxante em casa

0
54


Anúncio

Nada como uma massagem para relaxar durante períodos mais agitados e estressantes da nossa vida, não é mesmo? Mas a questão é que há vários tipos de massagem, e dependendo do seu objetivo (seja relaxamento, tratamento de dor ou até equilíbrio da espiritualidade), uns podem ser mais indicados do que outros. Que tal conhecê-los?

Tipos de massagem

1 – Shiatsu

tipos-de-massagens-shiatsu Diferença entre os tipos de massagem — e como fazer uma relaxante em casa
Group4 Studio/Getty Images

Vinda do oriente e com o nome derivado do japonês, que quer dizer “pressão dos dedos”, o Shiatsu é um tipo de massagem com uma abordagem mais terapêutica, que auxilia no tratamento de dores. “É uma técnica de reequilíbrio físico-mental por meio do toque corporal, percorrendo uma rede de canais de energia distribuídos pelo corpo. São utilizados os dedos, as palmas das mãos e cotovelos na realização da massagem”, explica a Sueli Szterling, terapeuta e diretora do Kurma Spa.

No Shiatsu são executadas pressões de intensidades específicas para cada caso, principalmente sobre os nós energéticos. Pode ser aplicado com o paciente vestido ou em trajes de banho, e utilizar óleos essenciais para execução de manobras — comoo deslizamentos e alongamentos. “Melhora o fluxo energético e sanguíneo do corpo, nutrindo, fortalecendo e regulando todas as funções dos órgãos e sistemas. Também faz com que aumente a resistência do organismo. Melhora o estresse e a ansiedade, promovendo um equilíbrio do organismo e da mente”, diz Sueli.

2 – Reflexologia

tipos-de-massagens-shiatsu Diferença entre os tipos de massagem — e como fazer uma relaxante em casa
fotostorm/Getty Images

Outra terapia que se assemelha ao Shiatsu é a Reflexologia. A técnica de tratamento é feita por meio de estímulo/pressão nas áreas reflexas dos pés, com os dedos das mãos e usando métodos específicos. “A Reflexologia é uma técnica que busca uma cura holística por meio dos pés. Neles são encontrados pontos que correspondem ao corpo todo, que ao serem estimulados podem ajudar a melhorar questões físicas e mentais.”

Ao estimular a capacidade curativa do próprio organismo, ela é capaz de promover grandes mudanças, afirma Sueli. Além de proporcionar relaxamento e bem-estar. “Os pés podem ser grandes aliados na busca e manutenção de uma boa saúde”, explica.

Continua após a publicidade

3 – Ayurvédica

tipos-de-massagens-shiatsu Diferença entre os tipos de massagem — e como fazer uma relaxante em casa
WIN-Initiative/Getty Images

Algumas massagens terapêuticas também são milenares, se encaixando nas duas categorias, como é o caso do Shiatsu e a da Reflexologia. Mas como uma técnica milenar também vale destacar a massagem Ayurvédica.

De origem Indiana, é realizada no chão, com movimentos vigorosos de alongamento e deslizamento com as mãos, cotovelos e pés. Também podendo ser associada aos óleos essenciais. “É uma massagem bem completa. Um sucesso quando presenteada”, diz o Marcos Yshida, terapeuta do Kurma Spa. Marcos destaca que a massagem Ayurvédica estimula os músculos e a circulação, permitindo a liberação das toxinas do organismo. Além de ajudar com o estresse e ansiedade, promove um realinhamento postural, alívio de tensões e fortalece o sistema imunológico.

4 – Massagem relaxante

tipos-de-massagens-shiatsu Diferença entre os tipos de massagem — e como fazer uma relaxante em casa
Sorrasak Jar Tinyo/Getty Images

Um dos principais objetivos da maioria dos tipos de massagem é ser relaxante. Pode até ter outros benefícios associados, mas dificilmente vai deixar de promover um relaxamento, mesmo que mínimo, em quem está recebendo a técnica. Assim, a massagem relaxante é uma das modalidades mais fáceis de ser reproduzidas em casa.

O terapeuta ensina movimentos para aliviar a tensão dos ombros. “Na região dos ombros e trapézio, realize movimentos circulares com a ponta dos dedos e então comece a fazer pressão nos pontos mais duros, e deslizando para trás, como fazendo ondinhas até a região do pescoço. Faça isso de cinco a oito vezes.”

Apesar dos benefícios, vale alertar que a automassagem e a massagem tradicional precisam ser feitas levando alguns pontos em consideração. São contraindicadas para pessoas que tenham feridas na pele (como os diabéticos), fraturas, pressão alta, câncer (exceto com orientação médica) e varizes.

  • Continua após a publicidade



  • Fonte do Artigo

    Anúncio

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here