Disgeusia: o que é, causas e tratamento

0
37


A disgeusia é um termo médico utilizado para descrever qualquer diminuição ou alteração do paladar, que pode aparecer logo desde o nascimento ou se desenvolver ao longo da vida, devido a infecções, uso de determinados medicamentos ou devido a tratamentos agressivos, como quimioterapia.

Existem cerca de 5 tipos diferentes de disgeusia:

  • Parageusia: sentir o sabor errado de um alimento;
  • Fantogeusia: também conhecido como “gosto fantasma” consiste na sensação constante de um sabor amargo na boca;
  • Ageusia: perda da capacidade para sentir sabor;
  • Hipogeusia: diminuição da capacidade para sentir o sabor da comida ou de alguns tipos específicos;
  • Hipergeusia: sensibilidade aumentada para qualquer tipo de sabor.

Independente do tipo, todas as alterações são bastante desconfortáveis, especialmente para quem desenvolveu disgeusia ao longo da vida. No entanto, a maior parte dos casos tem cura, sendo que a alteração desaparece completamente quando a causa é tratada. Ainda assim, se a cura não for possível, podem ser utilizadas formas diferentes de cozinhar, aposto mais em condimentos e texturas, para tentar melhorar a experiência de comer.

Como confirmar o diagnóstico

Na maior parte dos casos, a alteração do paladar pode ser identificada em casa pela própria pessoa, no entanto, o diagnóstico precisa ser feito por um médico. Assim, se for um caso relativamente simples, o clínico geral pode chegar no diagnóstico de disgeusia apenas através do que o paciente relata, assim como a avaliação do histórico médico, para achar uma causa que possa estar afetando o paladar.

Já nos casos mais complicados, pode ser necessário recorrer a um neurologista, não apenas para fazer o diagnóstico, mas para tentar identificar qual a verdadeira causa do problema, uma vez que pode estar relacionado com alguma alteração em um dos nervos responsáveis pelo paladar.

Anúncio
Liberdade Financeira de Verdade!

O que pode causar disgeusia

Existem várias condições que podem levar ao surgimento de alterações no paladar. As mais comuns incluem:

  • Uso de remédios: estão identificados mais de 200 medicamentos capazes de alterar a sensação de paladar, entre eles estão alguns remédios antifúngicos, antibióticos do tipo “fluoroquinolonas” e anti-hipertensivos do tipo “IECA”;
  • Cirurgias do ouvido, boca ou garganta: podem causar algum pequeno trauma nos nervos do local, afetando o paladar. Essas alterações podem ser temporárias ou definitivas, dependendo do tipo de trauma;
  • Uso de cigarro: a nicotina presente no cigarro parece afetar a densidade das papilas gustativas, podendo alterar o paladar;
  • Diabetes descontrolada: o excesso de açúcar no sangue pode afetar os nervos, contribuindo para alterações do paladar. Esta situação é conhecida como “língua diabética” e pode ser um dos sinais que leva o médico a desconfiar de diabetes em pessoas que ainda não foram diagnosticadas;
  • Quimioterapia e radioterapia: as alterações do paladar são um efeito colateral muito comum destes tipos de tratamento para o câncer, especialmente nos casos de câncer na região da cabeça ou pescoço.

Além disso, outras causas mais simples, como deficiências de zinco no organismo ou síndrome da boca seca, também podem causar disgeusia, sendo sempre importante consultar o médico para identificar a causa da alteração do paladar e iniciar o tratamento mais adequado.

Como é feito o tratamento

O tratamento da disgeusia deve ser sempre iniciado com o tratamento da sua causa, caso seja identificada e caso possua tratamento. Por exemplo, se a alteração estiver sendo provocada pelo uso de um remédio, é recomendado consultar o médico que o receitou para avaliar a possibilidade de trocar esse remédio por outro.

Porém, se a disgeusia for causada por problemas mais difíceis de eliminar, como o tratamento do câncer ou cirurgias, existem algumas orientações que podem ajudar a aliviar o desconforto, principalmente relacionadas com a preparação dos alimentos. Assim, geralmente é aconselhado consultar um nutricionista para receber orientações sobre como preparar alimentos de forma a torná-los mais saborosos ou com melhor textura, sem que deixem de ser saudáveis. 

Confira algumas dicas nutricionais que podem ser usadas durante o tratamento do câncer e que incluem orientações sobre as alterações do paladar:

TRATAMENTO do CÂNCER: como aliviar os EFEITOS COLATERAIS

31 mil visualizações

Além de tudo isto, é ainda importante manter uma higiene bucal adequada, escovando os dentes pelo menos 2 vezes por dia e fazendo a higiene da língua, evitando o acúmulo de bactérias que podem contribuir para as alterações do paladar.





Fonte do Artigo
Tag:
#emagrecimento #dieta #emagrecer #fitness #saude #vidasaudavel #reeduca #nutricao #fit #foco #alimentacaosaudavel #lowcarb #treino #oalimentar #gym #academia #emagrecercomsaude #nutricao #dietasemsofrer #comidadeverdade #foconadieta #alimenta #perderpeso #qualidadedevida #hipertrofia

Anúncio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here