O que é a SCID (Síndrome da Imunodeficiência Combinada Grave)

0


Anúncio

A Síndrome da Imunodeficiência Combinada Grave (SCID) engloba um conjunto de doenças presentes desde o nascimento, que são caracterizadas por uma alteração no sistema imune, em que os anticorpos se encontram em níveis baixos e os linfócitos se apresentam baixos ou ausentes, tornando o organismo incapaz de se proteger contra infecções, colocando o bebê em risco, podendo mesmo levar à morte.

Os sintomas mais comuns da doença são provocados por doenças infecciosas e o tratamento que cura a doença consiste no transplante de medula óssea.

loading-dots-article O que é a SCID (Síndrome da Imunodeficiência Combinada Grave)

Possíveis causas

A SCID é usada para classificar um conjunto de doenças que podem ser causadas por defeitos genéticos ligados ao cromossomo X.

Quais os sintomas

Os sintomas da SCID geralmente surgem durante o primeiro ano de vida e podem incluir doenças infecciosas que não respondem ao tratamento como pneumonia, meningite ou sépsis, que são difíceis de tratar e geralmente não respondem ao udo de remédios, e infecções de pele, infecções fúngicas na boca e região da fralda, diarreia e infecção no fígado.

Em que consiste o diagnóstico

O diagnóstico é realizado quando a criança sofre infecções recorrentes, que não são resolvidas com o tratamento. Como a doença é hereditária, caso alguma pessoa da família sofra desta síndrome, o médico poderá fazer o diagnóstico da doença logo quando o bebê nasce, que consiste na realização de exames de sangue para avaliar a os níveis de anticorpos e células T.

Como é feito o tratamento

O tratamento mais eficaz para a SCID, é o transplante de células tronco da medula óssea de um dador saudável e compatível, que na maior parte dos casos cura a doença.

Até se encontrar um dador compatível, o tratamento consiste na resolução da infecção e prevenção de novas infecções através do isolamento da criança para evitar o contato com outras pessoas que poderão ser uma fonte de contágio de doenças.

A criança pode ainda ser sujeita a uma correção da imunodeficiência através de reposição de imunoglobulina, que só deve ser administrada em crianças com idade superior a 3 meses e/ou que já tenha contraído infecções.

No caso de crianças com SCID causada por deficiência da enzima ADA, o médico pode indicar uma terapia de substituição enzimática, com aplicação semanal de ADA funcional, o que proporciona a reconstituição do sistema imune em cerca de 2-4 meses após o início da terapia.

Além disso, é importante referir também que não devem ser dadas vacinas com vírus vivos ou atenuados para estas crianças, até ordem do médico contraria.





Fonte do Artigo
Tag:
#emagrecimento #dieta #emagrecer #fitness #saude #vidasaudavel #reeduca #nutricao #fit #foco #alimentacaosaudavel #lowcarb #treino #oalimentar #gym #academia #emagrecercomsaude #nutricao #dietasemsofrer #comidadeverdade #foconadieta #alimenta #perderpeso #qualidadedevida #hipertrofia

Anúncio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here