O que é o Fibroma mole e como tratar

0
96


O fibroma mole, também conhecido como acrocórdons ou nevo molusco, é uma pequena massa que aparece na pele, mais frequentemente no pescoço, axila e virilha, que possui entre 2 e 5 mm de diâmetro, não causa sintomas e na maioria das vezes é benigno.

O aparecimento do fibroma mole não possui causa muito bem estabelecida, mas acredita-se que o seu surgimento está relacionado com fatores genéticos e com a resistência à insulina, podendo ser percebido, na maioria das vezes, em diabéticos e portadores da síndrome metabólica.

Os fibromas podem possuir a mesma tonalidade da pele ou serem um pouco mais escuros e possuem diâmetro progressivo, ou seja, podem aumentar ao longo do tempo de acordo com as condições da pessoa. Ou seja, quanto maior a resistência à insulina, por exemplo, maior a tendência de crescimento do fibroma.

Causas de fibroma mole

A causa do aparecimento do fibroma mole ainda não é muito bem definida, no entanto acredita-se que o aparecimento dessas lesões estão relacionadas com fatores genéticos e familiares. Além disso, alguns estudos demonstram a relação entre o aparecimento de fibromas moles, diabetes e síndrome metabólica, podendo o fibroma mole também estar correlacionado com a resistência à insulina.

Anúncio

Os fibromas moles costumam aparecer com mais frequência em pessoas acima dos 30 anos que possuem histórico na família de fibroma mole ou que possuem hipertensão, obesidade, diabetes e/ou síndrome metabólica, além de haver mais chance de desenvolvimento na gravidez e no carcinoma de células basais.

Esses fibromas costumam aparecer mais frequentemente no pescoço, na virilha, nas pálpebras e na axila, e podem crescer rapidamente. Quando isso acontece, o dermatologista pode recomendar a sua remoção e realização de biópsia do fibroma removido para verificar se há características malignas.

Como é feito o tratamento

Na maioria das vezes, o fibroma mole não representa qualquer risco para a pessoa, não causa sintomas e é benigno, não sendo necessário qualquer tipo de procedimento específico. No entanto, muitas pessoas se queixam do fibroma devido à estética, indo ao dermatologista para remoção.

A remoção do fibroma mole é feita no próprio consultório dermatológico através de diversas técnicas de acordo com as características e localização do fibroma. No caso de fibromas pequenos, o dermatologista pode optar por realizar uma excisão simples, em que com auxílio de um instrumento dermatológico é feita a remoção do fibroma, o criocirurgia, em que é feito o congelamento do fibroma mole, que depois de um tempo acaba por cair. Entenda como é feita a crioterapia.

Por outro lado, no caso dos fibromas de grandes dimensões, pode ser necessária a realização de um procedimento cirúrgico mais extenso para remoção completa do fibroma mole e, nesses casos, é importante que a pessoa tenha alguns cuidados após o procedimento, sendo recomendado descansar e comer alimentos que favoreçam a cicatrização e a melhora do sistema imunológico. Saiba quais são os cuidados após a cirurgia.





Fonte do Artigo
Tag:
#emagrecimento #dieta #emagrecer #fitness #saude #vidasaudavel #reeduca #nutricao #fit #foco #alimentacaosaudavel #lowcarb #treino #oalimentar #gym #academia #emagrecercomsaude #nutricao #dietasemsofrer #comidadeverdade #foconadieta #alimenta #perderpeso #qualidadedevida #hipertrofia

Anúncio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here