Dicas de exercícios de baixo impacto para ajudar a aliviar a dor crônica

Se você está lidando com uma dor crônica, sabe como pode ser desafiador fazer exercícios e encontrar atividades que não exacerbem sua dor, bem como a energia e a criatividade para encaixar a atividade na sua semana. Continue lendo para aprender algumas dicas para praticar exercícios com segurança, para que você possa construir músculos, melhorar a flexibilidade e melhorar a função.

Benefícios do exercício ao conviver com dor crônica

A dor crônica afeta o bem-estar físico, mental e emocional. Se você já sente dores há algum tempo, já ajustou suas atividades. Com o tempo, se o exercício piorou a sua dor, você pode ter desistido completamente. No entanto, você sabia que o exercício é um tratamento clínico eficaz para ajudá-lo a se sentir melhor, mesmo que viva com dores crônicas? Confira os benefícios.

  • Reduzir a percepção da dor
  • Melhorar a função
  • Elevar o humor
  • Reduzir o estresse
  • Melhorar o sono

Três tipos de atividade física

O plano de treino ideal inclui regularmente fortalecimento de força, atividade aeróbica e flexibilidade, embora qualquer exercício seja melhor do que nada! Continue lendo para ver nossas recomendações, tornando essas atividades possíveis no seu próprio ritmo.*

1. Fortalecimento

Aumentar a força permite que os músculos cresçam. Mesmo pequenas melhorias na força muscular podem tornar a vida cotidiana mais administrável.

  • Levantando utensílios domésticos
  • Treinamento de força sentado
  • Faixas de exercício
  • Exercícios de piscina
  • Pilates

2. Atividade aeróbica

O exercício aeróbico fortalece o coração e os pulmões, exigindo que o corpo use mais oxigênio e grandes grupos musculares. Além disso, esse exercício é crucial para conviver com a dor crônica porque ajuda a aumentar a resistência.

New Detox
  • Caminhando (dentro de casa) ou fora
  • Natação
  • Andar de bicicleta
    • Estacionário
    • Fora
  • Tarefas domésticas internas
    • Aspirar
    • Espanando
    • Esfregar
  • Tarefas domésticas ao ar livre
    • Jardinagem
    • Cortar
    • Ajuntando

3. Flexibilidade

Ajuda a alongar músculos e articulações. A flexibilidade aprimorada pode melhorar a amplitude de movimento e permitir movimentos mais funcionais.

  • Ioga
  • Tai Chi

*Certifique-se de que seu médico aprove seu novo treino antes de começar. Você sempre deseja se exercitar com segurança com base no seu estado de saúde atual.

Vá devagar ao retornar aos exercícios com dor crônica

Se você convive com dor crônica, pode se sentir inspirado a “ir em frente” nos dias em que sua dor é menos intensa. No entanto, certifique-se de ouvir o seu corpo e evite exagerar. O ritmo é importante porque você não quer se machucar ou causar uma crise dolorosa.

Ao iniciar uma nova rotina de exercícios ou revisitar uma antiga, aumente lentamente a intensidade e a duração. Você pode notar mudanças na dor ao iniciar um novo programa de exercícios. Embora seja esperado algum desconforto, pare de se exercitar se a dor piorar.

Algumas pessoas com dor crônica acham que leva mais tempo para construir consistência e rotina. Alguns dias, sua dor não permite que você complete o treino planejado. Está bem! Resista à tentação de comparar sua situação com a de outras pessoas. Lembre-se de que tudo se trata de progresso, não de perfeição.

Dicas para persistir

Não há razão para seguir sozinho. Se você estiver tendo problemas para iniciar uma rotina ou encontrar exercícios que não agravem sua dor, considere consultar um profissional.

  • Procure orientação de um fisioterapeuta licenciado que saiba como modificar programas de exercícios com base em necessidades específicas de saúde.
  • Faça parceria com um personal trainer com experiência em ajudar indivíduos com dor crônica. Eles podem monitorar sua forma para garantir que você execute os movimentos com segurança, sem agravar a dor.

Saiba que haverá dias em que você não se sentirá bem para fazer exercícios e terá que evitá-los completamente. Isso está ok. Ouça o seu corpo e volte aos exercícios quando se sentir capaz.

Jean Sobrinho

Especialista em IA e Machine Learning | Consultor de TI | CEO na Gestor de Tráfego e Wordseo Fala sobre #seo, #googleads, #facebookads, #programacao e #gestordetrafego

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo
Agência Gestor de Tráfego